Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

26.12.12

Tradições (novas e antigas)


Sofia Serrano
Quando eu era miúda, costumávamos fazer a Ceia de Natal em casa dos avós. Mas mais tarde, perto da meia-noite, quando voltavamos para casa, tínhamos a visita do velhinho das barbas brancas, que nos trazia os presentes e se sentava uns minutos à conversa connosco. E tão misteriosamente como tinha aparecido, desaparecia. E só o voltávamos a ver passado um ano. 
Acreditei no Pai Natal durante muito tempo. E mesmo quando sabia quem era o Pai Natal, continuava a querer acreditar.
Cá por casa acabamos por criar uma nova tradição.
Na noite de Natal, a M. põe à porta um banquinho com uma toalha especial, e um pratinho com bolachinhas para o Pai Natal, leite, e um prato com cenouras para as renas. E deixa um desejo e uma mensagem querida. O Pai Natal estaciona o trenó no telhado, vem esfomeado e trata do lanchinho e deixa as prendas à porta. Mas tem sempre muita pressa e não se deixa ver.
E como até se vão portando bem, o Pai Natal traz um presente e até hoje acerta no que eles querem e é a felicidade absoluta.

E por falar em presentes de Natal, todos os anos nesta altura me lembro de me deliciar com este presente:



Lembram-se d"A minha Agenda"?
Mais do que uma agenda era um guia para construir mil e um sonhos.E é de sonhos que se faz o mundo.

Para seguir o Café,Canela&Chocolate no facebook é aqui.




Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.