Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Café, Canela & Chocolate

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Conversas de uma mãe, que é médica Ginecologista/Obstetra e adora escrever. Com sabor a chocolate.

Café, Canela & Chocolate

18
Mai18

O Livro da Mulher no "A Tarde é Sua" e na "Prova Oral"


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-05-18, às 19.41.40.png

32703903_2016130681792815_4917413855119802368_n.jp

 

Estive no programa "A Tarde é Sua" na TVI , com a Fátima Lopes, a falar sobre "O Livro da Mulher" e a tentar esclarecer algumas das principais dúvidas das mulheres. Espero que a nossa conversa, que foi muito interessante, tenha sido útil! Podem ver ou rever tudo aqui (a partir do minuto 52).

 

E depois tive oportunidade de conversar com o Alvim na Prova Oral na Antena 3 - como sempre, um programa muito interessante e interativo, com muitas questões dos ouvintes - podem ouvir aqui.

E ainda tive o prazer de conhecer o Salvador Sobral :)

 

 

15
Mai18

Dia da família


Sofia Serrano

31400946_10156550201861318_3677567301978161152_n.j

 

Dizem que é dia da família.
Eu digo que todos os dias são dias da família. Que todos os dias devemos aproveitar os momentos juntos. Ter tempo para nos ouvirmos e falarmos (mesmo que pouco). Para partilharmos juntos uma refeição ou para dançar ao som de uma música que está a tocar na rádio (mesmo que na fila do trânsito no carro). Partilhar sorrisos ou lagrimas, angústias e desejos. Aprender e ensinar qualquer coisa (mesmo que seja uma pequena coisa, como uma adivinha ou o nome de um asteróide). Abraçar. Discutir. Fazer as pazes. Admitir que errámos (mesmo que custe). Fazer um bolo juntos ou ir buscar uma pizza e comer no sofá a ver aquela série que todos gostamos. Ou nada disto, porque as famílias são todas diferentes e especiais e têm a sua própria dinâmica.
Obrigada, família, por me fazerem feliz <3

 

São o melhor do mundo. Todos os dias.

 

10
Mai18

"O Livro da Mulher" no "Você na TV"


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-05-10, às 17.40.36.png

 

Esta manhã estive no "Você na TV", à conversa com a Cristina Ferreira, a apresentar o meu novo livro, "O LIvro da Mulher".

Algumas questões que abordamos no programa:

- as mamografias são perigosas?

- ter infeções vaginais significam que o companheiro tem mais parceiros sexuais?

- pode-se pintar o cabelo na gravidez?

- pode-se comer sushi durante a gravidez?

- é normal ter a menstruação após a menopausa?

...e outras, podem ver tudo aqui

06
Mai18

Os segredos da mente das mães


Sofia Serrano

(...) Vários estudos ao longo dos anos têm demonstrado que o cérebro das mulheres e o dos homens funcionam de modo diferente. A nossa mente é única.

As hormonas influenciam de forma importante o nosso comportamento em cada dia do mês – e por isso podemos ter flutuações de humor marcadas, e diárias.

Temos mais desejo sexual cerca de dez dias após o início da menstruação e sentimo-nos ótimas. Depois, à medida que se aproxima o período seguinte, só nos apetece fi car no sofá, com uma manta, um chá quente e um bom livro. Somos intuitivas – e a nossa intuição é biológica, e não mística.

Conseguimos facilmente descodificar as necessidades dos outros, em particular dos filhos. Quantas de nós não percebem que o filho está a ficar doente só de olhar para ele? Vários investigadores explicam isto através da evolução e da seleção natural: pensa-se que as mulheres, ao longo do tempo, foram selecionadas pelas suas capacidades de perceber se os fihos precisavam de comida, calor ou conforto sem recorrer a palavras, assegurando assim a sobrevivência da espécie.

Está demonstrado que as mulheres se lembram mais facilmente das características físicas dos outros, e descodificam rapidamente as mensagens não verbais: expressões faciais, posturas, tons de voz. Também sob uma situação de stresse, as mulheres reagem de forma diferente à dos homens: nelas, o clássico "fight or flight" (o «lutar ou fugir ») é geralmente uma reação mais estratégica e menos agressiva. Mais planeada e até manipuladora. Ou seja, a evolução mostra ainda que as mulheres tiveram de aprender a desenvolver formas de evitar a agressividade, porque a sobrevivência dos seus filhos dependia de si.

 

As mulheres são seres únicos. Este texto está no meu novo livro. Podem ler mais no "O Livro da Mulher".

Feliz Dia da Mãe para todas as mães!

 

31944218_1744452028982765_5280340313913688064_n.jp

  (nós no Zmar sem filtros nem make-up! Felizes!)

 

 

03
Mai18

Ser mãe não é fácil.


Sofia Serrano

Captura de ecrã 2018-05-03, às 23.18.47.png

 

Não me venham com a conversa que ser mãe é tarefa fácil. Que é instintivo.

A maior parte dos dias acho que não faço a mínima ideia do que ando a fazer - principalmente quando os dois discutem, quando não consigo cumprir o que prometi por questões profissionais, quando a pré-adolescente me faz mau ar por não a deixar fazer algo que ela quer muito.

Ser mãe é uma espécie de projeto em andamento.

Que nunca temos bem a certeza se vai correr na perfeição, que tem falhas, que precisa ser melhorado, que tem dias bons e de entusiasmo e outros de quase desespero.

É sem duvida o maior desafio da minha vida e não mudava nada para poder estar onde estou - com estes dois miúdos que me fazem cabelos brancos e me arrancam sorrisos e lágrimas enquanto o diabo esfrega um olho.

 

 

 

28
Abr18

O Livro da Mulher, para todos


Sofia Serrano

DSC_9555.jpg

 

Quando tens a sorte de ter duas pessoas que admiras a falar sobre o teu livro.

Quando tens a sorte de poder escrever sobre o que gostas.

Quando tens a sorte de ter lá as pessoas importantes.

Quando tens a sorte de sonhar, acreditar e concretizar.

Obrigada Fátima Lopes e Às 9 no meu blogue.

 Obrigada Cultura Editora. Obrigada a todos os que acreditaram.

“O Livro da Mulher” está aí, para sermos todas mais saudáveis e felizes!

 

25
Abr18

25 de abril


Sofia Serrano

 

Feliz Dia da Liberdade.


Aquele que nos trouxe a possibilidade de escrevermos sem censura, de partilharmos ideias sem medo, de andarmos de mãos dadas na rua sem receios.
Eu nasci depois do 25 de abril. Tenho dificuldade em imaginar que o que nos é tão famíliar - a partilha fácil de informação - tenha tido limitações dramáticas há anos atrás.
Por isso, há coisas que não podemos esquecer.


Obrigada a todos os que tiveram coragem para fazer deste um país melhor.
Que todos possamos fazer a nossa parte todos os dias - porque a liberdade faz parte da nossa essência!

Um bom feriado para todos são os desejos desta família!

 

Captura de ecrã 2018-04-22, às 20.53.29.png

 

23
Abr18

Pedido: será que podem fazer biquinis para corpos normais?


Sofia Serrano

Assim que a Primavera começa a dar um ar de sua graça, a nossa mente salta imediatamente no tempo, diretamente para a praia e as férias do verão. A verdade é que, geralmente, é mesmo só a mente, porque o corpinho ainda está em modo folar e chocolates. Adiante. 

Ficamos cheias de vontade de correr para as lojas e comprar um biquini novo. Ou um fato de banho. Eu sou daquelas que gosta de navegar pela internet, pelas marcas portuguesas de biquinis e não só, e ter uma ideia do que está à venda nesta estação. E é isto que se encontra:

 

Captura de ecrã 2018-04-23, às 15.42.41.png

Captura de ecrã 2018-04-23, às 15.44.57.png

 

Os biquinis e fatos de banho são lindos, e as miúdas que os vestem perfeitas, bem como a paisagem de fundo. A primeira reação é carregar no botão do "comprar" porque queremos ser exatamente como as raparigas do catálogo.

 

Mas ao fim de 3 segundos, pensamos:  "se calhar mais vale experimentar primeiro o fato de banho, não vá ficar diferente desta foto...". Pois.

 

22
Abr18

Planos para o Dia da Mãe?


Sofia Serrano

 

Isto de se ser mãe tem que se lhe diga. Não há fórmulas mágicas nem receitas perfeitas.

E quando achamos que estamos a fazer o nosso melhor, há sempre coisas que nos levam a pensar que afinal não. Noutros dias achamos que sim.

E no meio de tudo há o trabalho e todo um rol de compromissos, e é preciso andar a gerir tudo com muito cuidado para não descuidar nada. Não somos só mães, somos mulheres multitasking - ou seja, acumulamos mil-e-um-trabalhos-e-temos-de-dar-conta-de-tudo!

 

Coisas boas: as mães têm um dia especial. Para serem mimadas, supostamente. Ora no meu conceito, isso implica um fim de semana num daqueles sítios que gostamos mesmo.

 

Ideias boas: o Zmar vai ter um programa especial para o Dia da Mãe.

 

 

E no meio de um programa recheado de atividades giras para miúdos e graúdos, também vou ter o privilégio de lá estar, a participar numa tertúlia com um grupo de mães muito interessante: a Anna Westerlung, ceramista, a Rita Ferro Alvim, blogger, a Rita Sambado, homeopata, e a Izabel de Palma, massagista.

 

 

 

 

ZMAR MUMS WEEKEND CARTAZ.jpg

 

Novo Livro

Bem-vindos!

Olá! Sou a M. Sofia Serrano S., Ginecologista-Obstetra, mãe de dois miúdos maravilhosos, apaixonada por escrita. Adoro café, canela e chocolate e aproveitar as coisas boas da vida! Neste blog partilho as nossas aventuras em família, os desafios de ser mãe, dicas para as grávidas e tudo o que é fundamental saber sobre a saúde da mulher. Também conto algumas das aventuras dos hospitais e partilho um bocadinho deste mundo da medicina. Fiquem por aqui!

Os meus livros

Captura de ecrã 2016-09-20, às 20.46.51.png

Comprar

Contactos

msofiaserrano@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.